PROJETO BLC #3: A Origem De Um Clássico






Olá Livromaníacos,

          Esta postagem faz parte do Projeto Blogagem Literária Coletiva, promovido pelos Blogs Chá & LivrosOs Literatos e Diário de uma Livromaníaca.



É de consenso geral que Drácula de Bram Stoker é um clássico da literatura mundial, sendo o pai das histórias vampirescas. Stoker criou a sua maior obra na Era Vitoriana, uma época inigualável e que todas as suas características são muito bem retratadas no decorrer da história.
Dia 08 de novembro é celebrado o aniversário desse célebre autor, então para homenageá-lo vocês serão historiadores por um mês e deverão contar as origens desse clássico, o que levou Bram Stoker a escrever o romance que marcaria uma época cativando leitores até os dias atuais! Mas atenção, será permitido usar referenciais históricos, porém a principal fonte de consulta deverá ser a imaginação de vocês.
Missão dada, agora mãos à obra e vamos explorar as catacumbas de um certo castelo na Transilvânia!
Espero que gostem do meu “conto” rsrs! Nos vemos no final!

 “Bram Stoker olhou para o céu outra vez, ele teria que sair da estrada e encontrar uma pousada para passar noite, o tempo estava fechando muito rápido, ia cair um temporal a qualquer minuto, não era seguro nem para ele e nem para o cavalo continuarem a viagem durante a noite.

Saindo da estrada, o homem avistou uma pequena pensão, não era nada grandioso, mas possuía um estábulo para animais, assim como parecia quente e confortável, o que era ideal para pernoitar.

Chegando à pensão, pediu um quarto e entregou seu cavalo aos cuidados de um jovem rapaz. Com fome, devido à exaustiva e longa viagem até ali, dirigiu-se a sala de refeições para consumir a ceia antes de deitar-se. Enquanto esperava pela comida reparou em dois homens ao fundo, ambos pareciam assustados e estavam sussurrando. Tomado pela curiosidade e audácia, características que todo grande escritor possui, Stoker começou a prestar atenção na conversa dos cavalheiros. Surpreso e fascinado pela história que ouviu, aproximou-se dos homens:

- Boa noite, desculpe meu atrevimento, porém não pude deixar de ouvir a conversa dos senhores, sou um escritor e fiquei muito interessado na lenda que era tema de vossa conversa. Seria muito abuso de minha parte pedir para ouvir a história que os cavalheiros narravam ainda há pouco?

Os dois homens curiosos por esse estranho forasteiro que dizia ser escritor, começaram narrar a lenda local.

- Há uns dois meses – começou a contar um dos homens – chegou à cidade um homem desesperado, dizendo estar fugindo de um Conde e de suas três irmãs, disse ainda que ele e um amigo haviam chegado a cidade em uma noite chuvosa, sem conhecer nada por aqui foram a procura de informações sobre alguma pousada em que eles poderiam pernoitar, decidiram, por fim, subir uma colina e pedir informação em um antigo castelo.

- Isso é besteira, compadre, sabe que o homem era um louco! – cortou o segundo homem.

- Provavelmente, senhor, mas deixe que seu amigo termine a história, por favor!  - gracejou Bram, com os olhos brilhantes devido à curiosidade.

- Sim, deixe-me continuar! – falou o primeiro homem – Onde parei mesmo? Ah sim, ao chegarem ao castelo, foram atendidos pelo proprietário, que se apresentou aos homens como o Conde Dracon e disse ser dono do castelo, apesar de estranharem o fato do senhorio em pessoa ter aberto a porta, nada comentaram.  Após explicarem ao Conde a situação em que se encontravam, o mesmo foi muito solícito e ofereceu um quarto aos viajantes, ambos aceitaram o convite – nesse ponto, parou a narrativa e completou enfaticamente - Bem, a partir daqui a história dos rapazes fica meio confusa, Senhor Stoker, pois o que chegou a cidade com vida estava louco e aterrorizado, mas ele disse que o Conde possuía três irmãs, e que, durante a noite, atacaram o amigo dele, drenando todo o sangue do seu corpo e disse que conseguiu escapar por pouco. Quando o senhor chegou, estávamos justamente comentando que esse rapaz, desde então, andava feito um louco pela cidade, gritando que todos deveriam fugir antes que o tal Conde e suas três irmãs bebessem lhes o sangue.

Bram Stoker estava fascinado com a lenda, após finalizar a refeição foi deitar, porém a imagem de um certo Conde sedento por sangue não abandonava sua mente. Assim que regressou a Londres, o autor começou a escrever o romance que o consagraria eternamente como um dos mestres do terror.  Isso graças a dois homens sem nome, que contaram a ele a história de um ser sem alma e sanguinário, capaz de amedrontar e enlouquecer qualquer homem são.”

E aí Livromaníacos, o que acharam? Gostaram? Deixem a opinião de vocês e também o link para suas postagens do Projeto BLC, estou louca para ler a versão de todos sobre a história por trás de Drácula!

Espero que tenham gostado e não esqueçam que está rolando o Sorteio de Aniversário do blog, o prêmio é o Box de Colecionador da série Crônicas de Gelo e Fogo, do autor George R.R. Martin

Beijinhos *-*
Carol


12 comentários:

  1. Aeeee Carol, sempre surpreendendo!
    Adorei... Então foram os indivíduos anônimos heim! Ahahaha
    A minha ficou bem diferente.
    http://www.osliteratos.com.br/2014/11/projeto-blc-postagem-03.html
    Um beijo!
    www.osliteratos.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Kkkkkkkk você e a Juh combinaram de fazer um conto "incrivelmente incrível" amiga! O de vocês ficaram maravilhosos, amei a ideia de cada uma! A gente arrasa juntas!
      Beijos

      Eliminar
  2. Antes de comentar sobre o conto, preciso dizer que achei o tema maravilhoso! Esse com certeza eu não vou deixar de participar.
    Você escreve muito bem, gostaria de ter essa desenvoltura toda para escrever ahaha Quantos livros não foram escritos só pelo o que os escritores ''ouviram por aí'', não é? Amei sua versão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahhh que bom que gostou do tema e também do meu conto! Depois de criar o seu conto mande o link pois vou adorar ler!!
      Beijos

      Eliminar
  3. Muito bom. Lendo todos esses contos, tô criando inspiração pro meu. Adorei sua versão!
    bjs

    http://camilaemdemulheramae.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom que gostou Camila! Estou ansiosa para ler a sua versão!
      Beijinhos *-*

      Eliminar
  4. Nossa!! Amei... Muito bem narrado, parabéns Carol!!
    Eu ainda não fiz a minha, tenho muitas postagens programadas e vou fazer mais para o meio do mês. Enquanto isso vou curtindo as histórias de vocês! Que estão ficando lindas!!! =***
    Beijos
    Thuanny
    http://querfalardelivros.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Kkkkk Que bom que gostou, fico mega feliz! Vou ficar esperando a sua postagem ansiosamente!
      Beijos

      Eliminar
  5. Oi Carol!
    Muito bom, vocês são demais.
    Logo eu posto a minha versão.

    Beijos
    ​​LiteraMúsicas

    ResponderEliminar
  6. Oi Carol!
    Excelente a sua versão! Adorei!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Aline! Fico feliz que tenha gostado!
      Beijos

      Eliminar

Livromaníacos não deixem de comentar, pois a sua opinião é muito importante para mim!! E lembrem:

• Caso você tenha um blog, informe o endereço no comentário, pois retribuo todos os comentários deixados;
• Caso você esteja seguindo o blog avise, pois retribuo todas as participações do blog;
• Curta a nossa Fanpage e siga o nosso Twitter;
• Caso você tenha algum problema comigo ou com blog, por favor entre em contato, as formas de me contatar estão aqui: http://diariodeumalivromaniaca.blogspot.com.br/p/contato.html
• Não deixe comentários ofensivos ou de baixo nível.

Obrigada pelo comentário e volte sempre!
Beijinhos *_*

 
Diário de uma LivroManíaca © Todos os direitos reservados :: voltar ao topo